Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > O que você precisa saber sobre Ouvidoria e Comissão Permanente de Atividades Correcionais
Início do conteúdo da página

O que você precisa saber sobre Ouvidoria e Comissão Permanente de Atividades Correcionais

  • Escrito por Heleno Rocha Nazário
  • Publicado: Sexta, 05 de Maio de 2023, 13h42
  • Última atualização em Sexta, 01 de Dezembro de 2023, 12h03
  • Acessos: 3541

A comunidade da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) pode contar com os serviços de diversos órgãos para o atendimento de demandas. Dentre as necessidades que podem surgir, estão o encaminhamento de manifestações diversas, em especial as denúncias que informam fatos que devam ser apurados. Para isso, é importante conhecer os setores que atuam nesse atendimento à comunidade interna, do recebimento de uma denúncia à investigação e a um eventual processo administrativo disciplinar. 

Para começar, é preciso saber que a estrutura composta para atender essa demanda é a Diretoria de Integridade e Transparência (DIT), uma instância autônoma dentro da UFSB que tem a finalidade de prevenir, detectar e punir fraudes e desvios de conduta, verificar e proteger os recursos públicos e a qualidade dos serviços prestados, além de oferecer canais de comunicação com a Sociedade. A Comissão Permanente de Atividades Correcionais e a Ouvidoria integram a DIT, dentre outras estruturas e atividades (clique na imagem para visitar a página da DIT).

 

WhatsApp Image 2023 04 28 at 13.32.39 9

 

A Ouvidoria é um canal oficial, independente e imparcial, para o recebimento de reclamações, denúncias, dúvidas, sugestões e elogios referentes aos serviços prestados pela Universidade Federal do Sul da Bahia. Para formalizar a manifestação, pode-se comparecer presencialmente à Ouvidoria, enviar e-mail para ouvidoria@ufsb.edu.br ou usar o Fala.BR, um canal integrado para encaminhamento de manifestações (acesso a informação, denúncias, reclamações, solicitações, sugestões, elogios e simplifique) a órgãos e entidades do poder público. O Fala.BR está disponível na Internet no endereço https://falabr.cgu.gov.br e funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

 

Constituída pela Portaria nº 253/2019, de 11 de abril de 2019, a Comissão Permanente de Atividades Correcionais (CPAC) é uma instância de apuração de denúncias e tem como atribuições:

* Realizar juízo de admissibilidade de procedimentos disciplinares;

* Instaurar, acompanhar e supervisionar procedimentos correcionais;

* Analisar relatórios finais para subsídio técnico da autoridade julgadora, quando couber;

* Realizar interlocução com órgãos de controle e investigação;

* Gerir informações correcionais;

* Capacitar e orientar tecnicamente os membros de comissão; e

* Celebrar Termo de Ajustamento de Conduta.

 

Como é feito o atendimento

o que vc precisa saber ouvidoria cpacEm um resumo rápido, o fluxo de atendimento a essas demandas funciona assim: A Ouvidoria recebe a denúncia e, em havendo indícios de irregularidade, repassa as informações para a Comissão Permanente de Atividades Correcionais, que avalia se a denúncia contém elementos que demandem um procedimento investigativo ou correcional e, em caso positivo, instaura uma comissão responsável pela apuração dos fatos relatados.

A Ouvidoria tem a função de receber, examinar e encaminhar aos setores competentes as manifestações de críticas, reclamações, elogios, queixas, denúncias e sugestões que lhe sejam enviadas, além de acompanhar as providências adotadas e garantir que o cidadão receba a resposta à sua manifestação. No caso de denúncia, esta será acatada caso contenha elementos mínimos descritivos da irregularidade ou indícios que permitam à administração pública chegar a tais elementos. A Ouvidoria não pode apurar denúncias de irregularidades e infrações; desempenhar ações de assistencialismo; agir com imediatismo; e exercer poderes coercitivos para modificar, anular ou revogar atos.

Muito importante: É possível registrar a denúncia de forma anônima, especialmente pela plataforma Fala.BR. Por força de lei, a Ouvidoria oferece proteção da identificação da pessoa denunciante, incluindo o sigilo de quaisquer informações que possam indicar sua identidade.

Caso admitida a denúncia, esta é enviada à competência da Comissão Permanente de Atividades Correcionais (CPAC). Por contar com ritos e prazos próprios, com o encaminhamento da denúncia à comissão, a manifestação é encerrada no âmbito da Ouvidoria. Isso significa que os fatos relatados passam a ser de fato apurados pela CPAC, que agirá ao instaurar uma comissão para procedimento investigativo ou correcional, o que pode eventualmente levar à responsabilização na esfera administrativa, se a investigação embasar tal decisão.

 

O que você precisa saber sobre o Processo Administrativo Disciplinar 

De modo direto, uma vez que a CPAC recebe a denúncia, o primeiro procedimento é o juízo de admissibilidade. É nessa etapa que se avalia os indícios de irregularidade ou ilicitude nos fatos relatados e se decide qual o próximo passo. O juízo de admissibilidade é o ato administrativo por meio do qual o titular de unidade setorial de correição decide, de forma fundamentada:

A) pelo arquivamento de denúncia, representação ou relato de irregularidade;

B) pela celebração de Termo de Ajustamento de Conduta - TAC;

C) pela instauração de procedimento investigativo, no caso de falta de informações ou impossibilidade de obtê-las; ou

D) pela instauração de processo correcional (o processo administrativo disciplinar, ou PAD).

Há, ainda, casos em que, considerando a existência de elementos na denúncia de caráter ético, a CPAC recomenda o encaminhamento à competência da Comissão de Ética do Servidor – CEt/UFSB. Se estiverem presentes indícios de autoria e materialidade (justa causa), o titular da CPAC pode determinar a instauração de Processo Administrativo Disciplinar (PAD), sendo desnecessária a existência de procedimento investigativo prévio

O PAD tem como objetivo específico elucidar a verdade dos fatos constantes da representação ou denúncia associadas, direta ou indiretamente, a exercício do cargo, sem a preocupação de incriminar ou exculpar indevidamente o servidor ou empregado. O PAD será conduzido por comissão composta de três servidores estáveis designados pela autoridade competente, que indicará, dentre eles, o seu presidente, que deverá ser ocupante de cargo efetivo superior ou de mesmo nível, ou ter nível de escolaridade igual ou superior ao do indiciado. 

 

 

Quais são as fases e prazos do Processo Administrativo Disciplinar?

De acordo com o artigo 151 da Lei nº 8.112/1990, o processo administrativo disciplinar se desenvolve nas seguintes fases: (1) instauração, com a publicação do ato que constituir a comissão; (2) inquérito administrativo, que compreende instrução, defesa e relatório; (3) julgamento.

A duração do PAD, com base no artigo 152 da Lei 8.112/1990, não excederá 60 (sessenta) dias contados da data de publicação do ato que constituir a comissão. Esse prazo pode ser prorrogado por mais 60 dias se as circunstâncias assim o exigirem. Na conclusão, a comissão produz o relatório final e entrega os autos do processo. A partir deste momento, tem início a fase de julgamento, na qual a autoridade máxima da instituição terá o prazo de 20 (vinte) dias, contados do recebimento do processo, para proferir sua decisão.

 

 

Links importantes 

 

LEI Nº 14.540, DE 3 DE ABRIL DE 2023- Institui o Programa de Prevenção e Enfrentamento ao Assédio Sexual e demais Crimes contra a Dignidade Sexual e à Violência Sexual no âmbito da administração pública, direta e indireta, federal, estadual, distrital e municipal

Diretoria de Integridade e Transparência

 

Ouvidoria

Para denunciar: ouvidoria@ufsb.edu.br

Plataforma FALA.BR: https://falabr.cgu.gov.br/

Manual de uso Plataforma FALA.BR 

Fluxo de recebimento e encaminhamento de manifestações

Tipos de manifestações recebidas na Ouvidoria

Lei de Proteção e Defesa do Usuário de Serviços Públicos

 

Comissão Permanente de Atividades Correcionais

 

Comissão de Ética do Servidor – CEt/UFSB 

registrado em:
Fim do conteúdo da página