Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > PPGCTA seleciona alunos regulares para 2023
Início do conteúdo da página

PPGCTA seleciona alunos regulares para 2023

  • Escrito por Heleno Rocha Nazário
  • Publicado: Terça, 25 de Outubro de 2022, 15h23
  • Última atualização em Quinta, 15 de Dezembro de 2022, 14h19
  • Acessos: 4988

link face ppgcta

 

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPGI), publicaram o edital nº 09/2022, que normatiza o Processo Seletivo de discentes regulares no Mestrado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências e Tecnologias Ambientais (PPGCTA), primeiro semestre de 2023.

O PPGCTA vai oferecer 25 vagas para ingresso em 2023, sendo 11 para ampla concorrência, 7 para autodeclarados pretos, quilombolas, indígenas e pessoas trans, 2 para pessoas com deficiência e 5 para capacitação de servidores do IFBA e da UFSB. As inscrições estarão abertas de 28 de novembro a 19 de dezembro de 2022, com taxa no valor de R$ 50,00 e matrícula dos aprovados prevista para a partir de março de 2023. As orientações para organizar e enviar a documentação requerida constam do edital.

O público de interesse contempla portadores/as de título de nível superior e interesse na área de Ciências Ambientais e suas tecnologias, com foco em aperfeiçoamento em pesquisa, docência, gestão e políticas relacionadas à sustentabilidade, à conservação, à tecnologia e à educação ambiental. O mestrado acadêmico tem área de concentração em Ciências e Tecnologias Ambientais e três linhas de pesquisa: Estudo de Sistemas Naturais; Gestão, Política e Manejo Ambiental; e Tecnologias Ambientais.


Estudos de Sistemas Naturais (ESN): Caracterizar os componentes dos ecossistemas naturais com foco na biodiversidade da Mata Atlântica e nos ecossistemas costeiros do Extremo Sul da Bahia; entender a dinâmica espaço-temporal desses ecossistemas, bem como os processos reguladores da variação dos ecossistemas naturais, visando a auxiliar as estratégias concretas de conservação da integridade ambiental.

 

Gestão, Política e Manejo Ambiental (GPM): Diagnosticar e propor estratégias de utilização e manejo dos ecossistemas tropicais naturais e antropizados visando à manutenção dos serviços ecossistêmicos; fornecer ferramentas substanciais para a sociedade civil, o poder público e os/as gestores/as tomarem decisões baseadas na noção de sustentabilidade sobre os ecossistemas tropicais, promovendo o equilíbrio entre a conservação dos recursos naturais e a produção econômica de bens e serviços; estabelecer critérios ambientais para definir estratégias produtivas e de desenvolvimento em suas diferentes escalas; promover as estratégias de planejamento ambiental no âmbito do sistema de gestão territorial e dos recursos naturais; desenvolver pesquisas que promovam políticas e estratégias de controle ambiental aplicadas aos sistemas industriais, urbanos e rurais.


Tecnologias Ambientais (TA): Incentivar o uso de tecnologias ambientais, bem como o desenvolvimento de inovações tecnológicas capazes de promover a sustentabilidade e a saúde ambiental do bioma Mata Atlântica e das regiões marinhas e costeiras adjacentes.

registrado em:
Fim do conteúdo da página