Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Reitora participou de missão internacional em Angola
Início do conteúdo da página

Reitora participou de missão internacional em Angola

  • Publicado: Segunda, 27 de Maio de 2024, 16h43
  • Última atualização em Segunda, 27 de Maio de 2024, 16h43
  • Acessos: 470

WhatsApp Image 2024 05 27 at 12.11.30A reitora da UFSB, professora Joana Angélica Guimarães da Luz, participou de uma missão internacional decorrente do Acordo de Cooperação Técnica Internacional firmado entre Universidade Federal do Sul da Bahia e a Universidade Agostinho Neto (UAN), entre os dias 20 e 25 de maio. Nesta viagem, participou da II Edição da Conferência Científica Anual na Universidade Agostinho Neto, em Luanda/Angola, na Universidade de UAN, ocasião em que proferiu palestra sobre o tema Racismo Mobilidade Internacional e Cooperação Sul-Sul entre a República Federativa do Brasil e o Continente Africano. A viagem teve o intuito de fortalecer a política de internacionalização da UFSB, principalmente no âmbito das relações de Cooperação Sul-Sul, compartilhar experiências acadêmicas, técnicas e culturais, com a finalidade de articular parcerias com a UAN, decorrentes do acordo firmado.

WhatsApp Image 2024 05 24 at 14.39.33A missão ao país africano, em uma sequência de estabelecimento de laços da UFSB com instituições de ensino superior angolanas, foi proveitosa, conta a reitora: "Estive ao longo desta semana, a convite da Universidade Agostinho Neto, participando da segunda conferência científica desta jovem universidade, que conta apenas quatro anos. Durante o evento tivemos a oportunidade de também encontrar gestores de outras universidades de Angola. Muitos dos professores aqui desejam ir para o Brasil para participar dos nossos programas de mestrado e doutorado, uma vez que ainda há um grande contingente de professores que precisam fazer suas qualificações. Estamos estreitando laços, com a possibilidade tanto de ida dos professores daqui para o Brasil como dos nossos professores e professoras virem a Angola para participação de curta duração nos cursos dessas universidades".
 
registrado em:
Fim do conteúdo da página