Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Trabalho de Extensão da UFSB realiza projeto de Rádio WEB em parceria com a CEPLAC
Início do conteúdo da página

Trabalho de Extensão da UFSB realiza projeto de Rádio WEB em parceria com a CEPLAC

  • Publicado: Quinta, 26 de Março de 2020, 10h37
  • Última atualização em Quinta, 26 de Março de 2020, 10h37
  • Acessos: 512

20200326 102632

Uma nova parceria com a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC) promete impulsionar os trabalhos da Extensão na UFSB. Trata-se do projeto Rádio Web Kionda de Frequência Universitária, elaborado pela técnica e artista Izadora Silva Guedes, do campus Jorge Amado (CJA). No dia 5 de março, aconteceu uma reunião entre representantes da universidade, funcionários da CEPLAC e o superintendente Roberto Melo de Oliveira (CEPLAC) que selou definitivamente a intenção das instituições em ver o projeto deslanchar.

Aberta à comunidade acadêmica e ao público em geral, a rádio contará com a estrutura física dos estúdios da Rádio CEPLAC, em Ilhéus, e com o apoio técnico de seus profissionais. Em contrapartida, a equipe da extensão da UFSB irá resgatar o programa De Fazenda em Fazenda, considerado marco histórico para a extensão rural da CEPLAC.

A rádio Kionda terá uma programação diversificada e comprometida com a universidade pública e a cidadania. No ano passado, o projeto contou com a participação de bolsistas BAP, dos técnicos Aquilino Paiva Lins e Danilo Ornelas Ribeiro, da UFSB, a ainda com profissionais da CEPLAC especializados em rádio e comunicação.

20200326 102700

Nessa fase, foram elaboradas propostas de programas e roteiros. Para iniciar a operacionalização da rádio, a equipe da Diretoria de Sustentabilidade e Integração Social (PROSIS) fará algumas alterações conceituais no projeto inicial e cumprirá a finalização das etapas formais para a consolidação do plano de trabalho, vinculado ao acordo de Cooperação Técnica, Científica e Cultural celebrado entre as instituições.

A Rádio Kionda buscará interface com novas tecnologias e, além da reprodução e armazenamento de conteúdo voltado para a extensão, a comunicação popular e a divulgação científica, vai propor a experimentação de linguagens na comunicação, nas artes e nos processos pedagógicos. Considerando a interdisciplinaridade característica do modelo pedagógico da UFSB e a presença de cursos na área de Artes, Linguagens e Humanidades, a rádio pretende ser um espaço de encontro, diálogo, criatividade e experimentação aberto à colaboração de toda a comunidade universitária.

 

Texto e fotos encaminhados por Alessandra Mello

registrado em:
Fim do conteúdo da página