Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Turma de Engenharia Sanitária e Ambiental desenvolveu atividade prática em aldeia indígena
Início do conteúdo da página

Turma de Engenharia Sanitária e Ambiental desenvolveu atividade prática em aldeia indígena

  • Publicado: Sexta, 24 de Março de 2023, 15h46
  • Última atualização em Sexta, 24 de Março de 2023, 16h15
  • Acessos: 912
WhatsApp Image 2023 03 23 at 09.35.36Nesta semana uma equipe de professores e estudantes do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental do Campus Sosígenes Costa (CSC/UFSB), em Porto Seguro, levou conhecimentos da profissão para aplicação em um contexto local. A atividade foi realizada no âmbito do componente curricular Prática Integradoras em Empreendedorismo, Inovação e Engenharia e contemplou a aldeia indígena da Reserva da Jaqueira com equipamentos e capacitação para coleta seletiva e compostagem. 
 
A equipe foi composta pelos discentes Josué Calebe, Laiza Mirelle, Larissa Fonseca, Micléia Vieira, Cimar Henrique e Ageu do Ouro, orientados pelos docentes Elfany Lopes do Nascimento e Maiana Azevedo. Além disso, colaboraram para a realização da intervenção prática o agente de saneamento indígena Alex, a assistente administrativa do Instituto Indígena, Carol, Gabriela e Adislan da SESAI, além da própria comunidade indígena e do cacique Ciratan. O professor Elfany explica que a atividade curricular foi desenvolvida em dois encontros, o primeiro para reconhecimento e escuta de demandas pela aldeia e o outro, para aplicação prática. Aprender a realizar a coleta de resíduos e acomodá-los e destiná-los corretamente, além do aprendizado sobre compostagem, foram as necessidades apresentadas pela comunidade.
 
Dentre as contribuições aportadas à aldeia está o sistema de coleta seletiva construído com materiais exclusivamente recicláveis e reaproveitáveis. "Essa demanda foi posta pelo cacique como um problema atual da aldeia, que têm recebido um excesso de resíduos sólidos em função das visitas turísticas, solicitando apoio para entender o processo de coleta seletiva e como resolvê-la", conta o docente. Na oportunidade, além do sistema construído, os estudantes também orientaram para a entrega dos resíduos em ecopontos locais.
O professor Elfany conta que há outras etapas previstas para essa interação entre o curso da UFSB e a aldeia indígena. "Em maio, o Instituto Indigena e o cacique Ciratan irão ao campus universitário para acompanhar e receber o projeto técnico de instalação de fossas ecológicas, para que se organizem visando a concorrência em editais de apoio para a implantação da estrutura. Os discentes estão elaborando todo o projeto técnico para que os auxiliem nessa adequação do saneamento", detalha o docente.
 
Em paralelo, a turma também está realizando intervenções em parceria com a ONG Despertar Trancoso, uma organização que apoia e desenvolve ações ambientais junto à população em vulnerabilidade, em Trancoso. Os estudantes já visitaram a ONG e preparam, para a próxima semana, uma intervenção ambiental. Apesar de outros cursos terem disciplinas com demanda de inserção prática no currículo, o professor Elfany afirma que, no caso da Engenharia Sanitária e Ambiental oferecido em Porto Seguro, esse é "um diferencial dentro da UFSB, pois executa, no âmbito da formação específica, um componente exclusivamente prático, em que os discentes aplicam o conhecimento da acadêmica para a busca de solução para a sociedade". 
 
 

Galeria de fotos

 
 
Com informações por Elfany Reis e fotos por Elfany Reis e Maiana Vasconcelos.
registrado em:
Fim do conteúdo da página