Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Página reúne orientações sobre registro e apuração de denúncias de assédio e discriminação na UFSB
Início do conteúdo da página

Página reúne orientações sobre registro e apuração de denúncias de assédio e discriminação na UFSB

  • Escrito por Heleno Rocha Nazário
  • Publicado: Segunda, 15 de Abril de 2024, 15h19
  • Última atualização em Segunda, 15 de Abril de 2024, 15h27
  • Acessos: 4676

card e banner orientacoes DIT 1Dentro do espírito de facilitar o acesso a serviços e documentos orientadores para diversos temas, a Diretoria de Integridade e Transparência (DIT), em conjunto com a Ouvidoria, listou links para materiais desenvolvidos para informar a comunidade universitária sobre como registrar denúncias, em especial, de casos de assédio moral, assédio sexual e discriminações. Na página, também se destacam links para informações sobre proteção à/ao denunciante, como funciona o fluxo de denúncias recebidas pela Ouvidoria, além de cartilha e vídeos sobre o tema.

Essa variedade de materiais é resultado de uma intensificação do cuidado com esses temas no Governo Federal, de um lado, e da atenção para com o atendimento de casos na UFSB, além do interesse na prevenção de novas situações do tipo. Assim, a comunidade universitária tem acesso direto aos procedimentos e aos contatos que deve fazer em casos de assédio ou discriminação, bem como pode se informar e espalhar esse conhecimento dentro de seus círculos sociais na instituição.

Conforme o diretor de Integridade e Transparência, Luiz Rogério Guimarães, A página é um compilado de informações sobre tudo o que diz respeito ao registro, encaminhamento e apuração de denúncias, incluindo os serviços da Ouvidoria e os dos órgãos de apuração, a Comissão Permanente de Atividades Correcionais e a Comissão de Ética. "A ideia é centralizar todas as informações possíveis em local único, de fácil acesso, para que as pessoas, no caso de dúvidas, possam acessar prontamente. É importante enfatizar também que há outros materiais educativos, vídeos e coisas dessa natureza e que a página estará em constante processo de atualização", complementa Luiz Rogério. 

A ouvidora, Innas Papalardo, destaca que a consulta aos materiais indicados na página ajuda a entender princípios como a garantia do anonimato para quem formaliza o relato de uma denúncia, compromisso que fica evidenciado com a declaração de proteção ao denunciante.

 

Página relacionada

Orientações

registrado em:
Fim do conteúdo da página