Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Visita da Reitoria a universidades de Angola abriu caminhos para cooperação
Início do conteúdo da página

Visita da Reitoria a universidades de Angola abriu caminhos para cooperação

  • Escrito por Heleno Rocha Nazário
  • Publicado: Segunda, 07 de Agosto de 2023, 16h00
  • Última atualização em Segunda, 07 de Agosto de 2023, 16h05
  • Acessos: 2375

WhatsApp Image 2023 08 02 at 09.09.31A viagem oficial da comitiva da reitoria da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) a instituições de ensino superior de Angola, no mês de julho, permitiu o estabelecimento de novos contatos para a colaboração entre acadêmicos brasileiros e angolanos, na perspectiva Sul-Sul. As conversas estabelecidas com a Universidade Agostinho Neto (UAN) e a Universidade de Luanda estão entre os primeiros resultados práticos desse diálogo. A reitora, professora Joana Angélica Guimarães da Luz, foi acompanhada na viagem pelo assessor de Relações Internacionais, professor Gabriel Nascimento.

 

O roteiro começou após a chegada ao país africano, no dia 10, com a visita à Universidade Agostinho Neto. A representação da UFSB foi recebida por estudantes da Faculdade de Ciências Sociais, em uma visita articulada pelo professor Gabriel Nascimento e pelo estudante de Antropologia da UAN, Jorge Benguinda. Em seguida, a comitiva encontrou o professor Bernardo Ezequiel, linguista da Universidade de Cabinda, em um almoço com os anfitriões da UAN. No dia 11, a reitora e o assessor de Relações Internacionais visitaram as instalações do novo campus da UAN, em construção, acompanhados do corpo administrativo da instituição, liderado pelo vice-reitor, professor João Baptista, que representou o reitor da UAN, professor Pedro Magalhães

 

WhatsApp Image 2023 08 02 at 09.09.35 2No dia 12, novas visitas a outras unidades da UAN, como as faculdades de Ciências Naturais, de Direito e de Medicina. Em todas elas, conta o professor Gabriel Nascimento, houve contatos diretos com professores e estudantes e conversas sobre parcerias estratégicas entre as instituições. O roteiro do dia 13 foi marcado pela conferência proferida pela reitora Joana Angélica a docente da UAN, com o tema Cooperação sul-sul e o papel do Brasil e de Angola, no auditório da Faculdade de Direito. Os pontos principais da manifestação da gestora incluíram o destaque ao papel da internacionalização desde o início, colocando a potencialidade do afeto, da ancestralidade e das relações de África que há no Brasil. A reitora realçou o protagonismo inicial do povo negro na história do país, de como o povo negro construiu desde o início os pilares da história brasileira. Joana também falou das similaridades que viu entre Angola e Brasil e as possibilidades de cooperação tendo em vista essas similaridades. A reitora também apontou elementos importantes de colaboração entre a UAN e a UFSB, sendo um deles a necessidade de aprimoramento do ensino da História Africana e Afro-brasileira no Brasil com o aporte dos intelectuais africanos. Em segundo lugar, a importância de que a UFSB não só ofereça bolsas, mas parcerias estratégicas reais para os colegas que desejarem parcerias com a instituição nos mais diversos campos possíveis.

 

No dia 14, a comitiva da UFSB participou de uma reunião de trabalho por videoconferência que abriu espaço para docentes e gestores angolanos e brasileiros apresentarem projetos e iniciativas em cada universidade aos colegas. O professor Gabriel Nascimento conta que a estadia em Angola também rendeu um novo acordo de cooperação assinado pela UFSB e pela Universidade de Luanda (Uniluanda). Essa universidade é uma instituição nova, criada a partir de vários institutos de ciências e engenharias que há na cidade. O reitor, professor Alfredo Buza, é um conhecedor da Bahia e fez toda a sua graduação no Brasil, explica o assessor de Relações Internacionais, e manifestou a disposição para vir ao Brasil visitar a UFSB.

Galeria de fotos

registrado em:
Fim do conteúdo da página