Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

[CSC] - II Seminário do CFArtes - Pedagogias das Artes

Escrito por Malu Carvalho | Publicado: Terça, 06 de Novembro de 2018, 14h27 | Última atualização em Quarta, 07 de Novembro de 2018, 14h42 | Acessos: 219

O que: II Seminário do CFArtes - Pedagogias das Artes
Quando:13/11 e 14/11, 
Onde: campus Sosígenes Costa da UFSB 

Acontece nos dias 13 e 14 de novembro, o II Seminário do Centro de Formação em Artes da UFSB, com o tema "Pedagogias das Artes". Para debater sobre a arte visual afro-brasileira no contexto da educação básica foi convidada a Professora Nelma Barbosa, do IF Baiano (Campus Valença). Na oportunidade, o CFA apresentará à comunidade o curso de especialização (pós-graduação lato sensu) em Pedagogias das Artes: linguagens artísticas e ação cultural, previsto para ser implementado já em 2019.


 

PROGRAMAÇÃO:

13/11, Terça-feira, às 19h | Mesa: Pedagogias das Artes - linguagens artísticas e ação cultural*

Local: Grande Oca, Campus Sosígenes Costa, UFSB - Porto Seguro.

Convidada: Profa. Dra. Nelma Barbosa (IF Baiano - Valença).

Mediação: Prof. Dr. Sérgio Cerqueda (UFSB)


* Programação aberta ao público. Entrada franca.



14/11, Quarta-feira, de 14h às 18h | Fórum pedagógico com professores do CFA

Com a participação de Profa. Dra. Nelma Barbosa (IF Baiano - Valença)

Local: Grande Oca, Campus Sosígenes Costa, UFSB - Porto Seguro.

* Atividade voltada para o público interno à UFSB.

[Resumo]

MESA DE ABERTURA (13/11, às 19h): Pedagogias das Artes - linguagens artísticas e ação social


“Arte Afro-Brasileira no ensino de arte: um campo em aberto?” Profa. Nelma Barbosa (IFBaiano - Valença): Breve reflexão sobre a abordagem da arte visual afro-brasileira na escola e os desafios da interdisciplinaridade, dos processos formativos oficiais, do acesso à informação e dos recursos e materiais didáticos adequados à educação das relações étnico-raciais por meio da arte. Analisaremos alguns aspectos históricos e conceituais das artes visuais de origem negra no Brasil e as hierarquias na produção de conhecimento (sensível e racional). Pontuaremos algumas potencialidades do ensino da arte que visam a prospecção, produção e divulgação de conteúdos para o trabalho com artes visuais de origem negra na educação básica.


Mini-currículo: Profa. Dra. Nelma Barbosa - Graduada em Artes Plásticas pela Universidade Federal da Bahia (2002), é Mestre em Ciências da Educação pela Université Lyon 2 ( França, 2004), Mestre em Cultura e Sociedade ( UFBA, 2009) e é Doutora em Estudos Étnicos e Africanos pelo CEAO/ UFBA (2016). Coordenou o Grupo de Projetos Especiais (GPE) do Instituto Anísio Teixeira (IAT/SEC), órgão responsável pela formação e aperfeiçoamento de professores da Bahia, da Secretaria Estadual de Educação entre 2007 e 2010. O setor foi responsável pelo Programa de Formação Continuada para a Educação das Relações Étnico-raciais (implementação das leis 10.639/03 e 11.645/08 - que obrigam o ensino da História da África, Cultura Afro-Brasileira e Indígena nas escolas), e que formou cerca de 4 mil educadores baianos. Esse trabalho foi premiado pela SEPPIR em 2010. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Arte-Educação, Artes Visuais e Arte Afro-brasileira; Ensino Superior, com ênfase em Formação de Professores, Extensão universitária, Didática, Metodologia do ensino de Artes e Currículo; Cultura e identidade, com ênfase em Cultura Afro-brasileira e Relações Étnico-raciais. No IF Baiano, foi coordenadora do Núcleo de Inclusão e Diversidades do Campus Valença, coordenadora de Comunicação Social do instituto (Reitoria). É professora de Artes e vice-coordenadora do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) do Campus Valença, onde também desenvolve projetos de pesquisa e extensão.  

registrado em:
Fim do conteúdo da página