Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Nota oficial

  • Publicado: Segunda, 22 de Janeiro de 2024, 13h29
  • Última atualização em Segunda, 22 de Janeiro de 2024, 16h12
  • Acessos: 2003

Diante das notícias de canais de comunicação acerca de um confronto que resultou no assassinato da pajé Maria de Fátima Muniz, conhecida como Nega Pataxó, e na tentativa de assassinato do Cacique Nailton Pataxó, liderança reconhecida nacionalmente, muito ativo em nossa região em defesa da educação dos povos indígenas, além do desaparecimento de integrantes da comunidade, em Potiraguá, no domingo (21), a Universidade Federal do Sul da Bahia manifesta o repúdio aos ataques contra o povo Pataxó Hã Hã Hãe na região e se solidariza com a comunidade originária, com pesar pela perda sentida e na expectativa de recuperação da saúde do ferido e dos integrantes desaparecidos.

Os conflitos fundiários existentes na região, acirrados por práticas de violência armada, devem ser sanadas urgentemente pela via do diálogo e do acatamento do Estado Democrático de Direito, com o suporte das estruturas de Governo nas três esferas de atuação.

A UFSB se coloca à disposição para apoiar, dentro de suas possibilidades e do seu saber-fazer, a atenção qualificada e imediata para as demandas o Poder Público municipal, estadual e federal em prol da resolução do cenário de violência contra os povos originários e da semeadura de um território de coexistência respeitosa das diferenças, saudável e pacífica no Sul da Bahia. Igualmente, a instituição espera que a integridade física e territorial das comunidades indígenas seja preservada pelo Poder Público e que iniciativas de "justiça pelos próprios meios" sejam adequadamente investigadas e julgadas de acordo com o devido processo legal.

 

Reitoria da Universidade Federal do Sul da Bahia

registrado em:
Fim do conteúdo da página