Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Apresentação

Publicado: Sexta, 14 de Abril de 2023, 10h10 | Última atualização em Sexta, 14 de Abril de 2023, 10h12 | Acessos: 1758

A opção inovadora do curso de Mídias Digitais, o primeiro em uma universidade federal brasileira, faz com que tenha pouquíssimo sombreamento de cursos similares, tanto em nível regional, quanto nacional. Em Teixeira de Freitas e suas redondezas, nenhuma outra instituição (UNEB, IF Baiano, Pitágoras ou FASB) oferece oportunidade de estudos em qualquer uma das vertentes abarcadas no escopo do curso. A única opção relativamente próxima são dois cursos da UFSB em Porto Seguro: Som, imagem e movimento e Jornalismo. Com o primeiro, a proposta de Mídias Digitais compartilha, em uma de suas vertentes, a atenção às artes digitais, além de instrumental tecnológico, mas se diferencia nos demais objetos, ao lidar não só com artes, mas com comunicações e educação, além de apresentar foco restrito e aprofundado no universo digital. Com relação ao segundo, o curso compartilha, em uma de suas vertentes, a atenção às comunicações, mas de forma interdisciplinar, não restrita ao jornalismo, tendo, ainda, o foco específico mencionado. Nos dois casos, o motivo da diferença é a combinação entre a opção por um campo de trabalho e a intensa interdisciplinaridade desta proposta, que acolhe docentes e discentes de diversas áreas, inclusive da Educação – área até então não contemplada em nenhum curso de 2º Ciclo no Campus Paulo Freire.

O curso atende, assim, a uma necessidade que se torna premente na cidade de Teixeira de Freitas, um polo de crescimento no extremo sul da Bahia: a produção de tecnologia inovadora de comunicação e informação. Com a digitalização intensa e a necessidade de comunicação mediada em diversas instâncias da vida contemporânea, aceleradas pela pandemia, a produção de mídias digitais é um nicho de mercado em crescimento contínuo também na região. Como exemplo, pode-se mencionar que, de dezembro de 2018 a agosto de 2019, dois aplicativos de transporte privado urbano foram implantados na cidade, expandido sua atuação para outros municípios da região sul e extremo da Bahia. Além disso, consoante a Base Nacional Comum Curricular no que se refere ao uso de tecnologia e inserção da cultura digital nos currículos escolares, as escolas têm implantado sistematicamente o uso de aplicativos como forma de comunicação e atuação pedagógica, em todos os anos do ensino infantil, fundamental e médio. Um curso de Mídias Digitais permite que a universidade se torne um lócus para desenvolvimento de pesquisas para produção, estudos de aplicabilidade e recepção destas tecnologias. 

A atuação interdisciplinar inclui, além das áreas das Artes, das Humanidades, da Linguagem, e da Comunicação Social, a formação de profissionais habilitados para produzir tecnologias para diversos fins, entre estes, a produção de conteúdos para aplicativos empresariais, aplicativos educacionais para escolas e de auto-aprendizado, entre outros, atendendo uma demanda já expressa na região.

Há que se ressaltar, também, que em Teixeira de Freitas há cinco Rádios, uma emissora de Televisão e mais de uma dezena de sites que já trabalham com o conceito de Mídias Digitais e suas interconexões. A Rádio Sucesso FM 104,9 (Comunitária), por exemplo, mantém um quadro denominado “Universidade e você”, produto de extensão do CPF coordenado pelo professor Gilson Vieira Monteiro, todas as quintas-feiras, das 12h40 às 13h, no Programa Jornalístico “O Grande Jornal”, apresentado pelo jornalista Cícero Dantas. Um curso de Mídias Digitais na UFSB ampliaria as possibilidades de Parcerias Público-Privadas para a troca de experiências, desenvolvimento tecnológico e uso de espaços das rádios, sites e da emissora de TV como reforço aos laboratórios necessários à formação do profissional de Mídias Digitais da UFSB.

Título do profissional

Bacharel em Mídias Digitais

Área do conhecimento

Ciências Sociais Aplicadas (60000007) / Comunicação e Informação / Comunicação (60900008)

Modalidade

Presencial

Duração

Mínima: 9 quadrimestres letivos

Máxima: 18 quadrimestres letivos

Turno

Noturno

Formas de Ingresso

Além do ingresso direto pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU), os critérios de progressão dos cursos de primeiro ciclo para os cursos de segundo ciclo na UFSB seguem as resoluções específicas estabelecidas pela UFSB.

Número de vagas

30 vagas anuais.

registrado em:
Fim do conteúdo da página