Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Graduação > Cursos em Implantação
Início do conteúdo da página

Cursos em Implantação

Publicado: Sexta, 01 de Fevereiro de 2019, 15h29 | Última atualização em Terça, 05 de Fevereiro de 2019, 12h01 | Acessos: 148

Perfil dos Cursos em Implantação no CFTCI

A seguir são elencadas, de maneira sintética, as principais áreas de atuação dos Cursos de 2° Ciclo em implantação no CFTCI. Observa-se que os Cursos serão implantados na medida em que a infraestrutura do CFTCI for sendo desenvolvida (espaços físicos, laboratórios e corpo docente).

 

  • Engenharia Ambiental e da Sustentabilidade (implantado) – atuação nas áreas de monitoramento e controle ambiental, gestão de recursos hídricos e manejo de bacias hidrográficas, gestão de impactos ambientais, recuperação de áreas degradadas, licenciamento ambiental, planejamento energético e energias limpas, gestão de resíduos, sistemas de gestão ambiental, e sustentabilidade dos sistemas produtivos (empreendedorismo sustentável, produção mais limpa e ecologia industrial, qualidade de vida no trabalho, e mercado de carbono).

 

  • Engenharia Urbana – atuação no planejamento integrado da infraestrutura urbana e regional, especialmente nos aspectos de Engenharia relacionados com os Planos Diretores Municipais, tais como urbanismo e traçado de cidades, cadastro territorial e regularização fundiária, habitação e assentamentos humanos, meio ambiente e saneamento, transportes e mobilidade urbana, e gestão de riscos urbanos.

 

  • Engenharia Sanitária – atuação nas áreas de projetos de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, tratamento e reuso de águas residuárias e esgotos, gestão de resíduos sólidos, limpeza urbana, drenagem urbana, controle de vetores e gestão sanitária do ambiente.

 

  • Engenharia de Logística em Transportes – atuação nas áreas de projetos de sistemas de logística de transporte, controle de tráfego, mobilidade urbana, sustentabilidade e acessibilidade, planejamento e operação de sistemas viários e terminais, gestão do transporte de pessoas e cargas, administração e economia dos transportes, educação, segurança e legislação de trânsito, e controle de impactos ambientais em transportes.

 

  • Engenharia de Agrimensura e Cartográfica – atuação na geração e análise de informações espaciais territoriais necessárias aos processos de tomadas de decisão relacionadas com o planejamento territorial sustentável, tais como mapeamentos cartográficos (Topografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto), parcelamentos de solo, Cadastros Territoriais e Sistemas de Informações Geográficas.

 

  • Engenharia Biotecnológica - atuação com ênfase em processos industriais que envolvam organismos vivos e/ou seus subprodutos, com aplicações: na indústria farmacêutica (medicamentos, vacinas, compostos ativos), na agroindústria (biocombustíveis, defensivos agrícolas, melhoramento vegetal e produção animal), na indústria de alimentos (processos bioquímicos, como fermentação e desenvolvimento de alimentos funcionais) e em soluções ambientais (biorremediação e tratamento de efluentes)

 

  • Engenharia de Materiais – atua na gestão e supervisão de projetos e processos de produção, transformação e uso de materiais (resinas, plásticos, cerâmicas e ligas metálicas). O curso busca formar profissionais com capacidade de desenvolver novos matérias, através de tecnologias inovadoras para a produção, não só de novos produtos, mas também para melhorias e aprimoramente de produtos já existentes; buscando sempre soluções para atender aos requisitos econômicos, ambientais, sociais e técnicos de projetos e processos.

 

  • Engenharia de Energia - atua no planejamento, análise e desenvolvimento de sistemas de geração, transmissão, distribuição e utilização de energia. Pode trabalhar no planejamento energético de uma região ou setor, desenvolver projetos sustentáveis (aspectos econômicos, sociais e ambientais) e coordenar programas de contenção e uso racional da energia. Trabalha com todas as formas de energia que compõem a matriz energética brasileira, seja renovável ou não renovável.
Fim do conteúdo da página